Dia Internacional da Mulher - Moção

Moção aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal Municipal de Stª Mª da Feira de 17 de fevereiro de 2017

Moção

Dia Internacional da Mulher

Considerando:

  • a constatação de que as mulheres eram as mais pobres e exploradas, entre os explorados, levou a que, em 1910, Clara Zetkin tenha proposto, numa conferência internacional de mulheres realizada em Copenhaga que, todos os anos, se dedicasse um dia de celebração das lutas heróicas das mulheres pelo direito a um trabalho digno e em igualdade com os homens, bem como se reclamasse o direito ao voto e a uma vida sem discriminações;
  • em vários países, em 1911, o Dia Internacional da Mulher viria a ser celebrado pela primeira vez e, a partir de 1975, é a própria ONU que, declara o Dia 8 de março como o DIA INTERNACIONAL DA MULHER;
  • as comemorações do 8 de março continuam a ser fundamentais para homenagear as mulheres que lutaram e lutam pelos seus direitos, contra a discriminação, reclamando a exigência das condições necessárias para que tenham uma vida digna. 

Hoje, constatamos que:

  • nos últimos anos, as mulheres têm sido as principais vítimas da perda de direitos;
  • o Fórum Económico Mundial concluiu, em 2016, que a desigualdade económica entre homens e mulheres recuou para valores de 2008, prevendo-se que a desigualdade se extinga apenas daqui a 170 anos (contra os 108 anos previstos em 2015 pela mesma organização;
  • segundo o Fórum Económico Mundial, de 144 países analisados relativamente a igualdade entre géneros, Portugal fica apenas em 31º no ranking para igualdade económica, 46º na participação e oportunidade, em 63º na educação, 76º na saúde e 36º no poder político;
  • o aprofundamento, a que se vem assistindo, do aumento da pobreza e da exclusão social, de todas as formas de violência, incluindo a violência doméstica, da prostituição e do tráfico de pessoas, dos problemas das pessoas imigrantes, refugiadas ou com deficiência, que têm atingido, de forma mais dramática as mulheres, colocando-as, ainda mais, numa situação de vulnerabilidade e desigualdade.

 

Assim, e porque se aproxima o DIA INTERNACIONAL DA MULHER, a Assembleia Municipal de Santa Maria da Feira, reunida a 17 de fevereiro, não podia deixar de se associar a esta comemoração, pelo que delibera:

  1. saudar todas as mulheres, de Portugal e do mundo, celebrando o Dia Internacional da Mulher, homenageando a sua luta;
  2. exortar todas as mulheres para que, à semelhança das que há mais de 100 anos saíram às ruas, em defesa dos seus direitos, continuem essa luta pela plena igualdade, em todas as circunstâncias da sua vida, seja no espaço público, seja no privado;
  3. reclamar um rumo novo que vise a promoção de medidas, no plano político, económico e social, que concretizem a igualdade de direitos entre mulheres e homens.